Qual a melhor opção: MEI ou Microempresa?

Qual a melhor opção: MEI ou Microempresa?
Publicado 4 meses atrás em Blog

MEI ou Microempresa? Essa pode ser uma das decisões mais difíceis, seja no momento da escolha ou alteração do regime de tributação. São vários os critérios que precisam ser avaliados antes de escolher o modelo adequado para seu negócio, como o número de funcionários, faturamento da empresa, quantidade de sócios, do seu planejamento e intenções futuras.

Além disso, é necessário conhecer alguns conceitos e características de ambos para que a escolha seja feita corretamente, selecionar um regime de tributação de forma equivocada pode acarretar o pagamento desnecessário de alguns tributos.

Neste texto, demonstraremos as principais diferenças e características entre MEI e Microempresa para te auxiliar a selecionar o melhor regime para sua empresa. Acompanhe!

 

MEI – Microempreendedor Individual

O Microempreendedor Individual- MEI foi criado pelo governo para incentivar a formalização dos profissionais autônomos ou dos que trabalham de modo informal.  A figura do Microempreendedor Individual possui uma série de vantagens para esses profissionais, pois através do MEI é possível contar com um CNPJ, emitir notas, além de ter uma carga tributária bastante reduzida e dispor de um processo de formalização online através do Portal do Empreendedor.

Para ser um microempreendedor individual, é necessário faturar no máximo até R$ 81.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado recebendo o salário mínimo ou o piso da categoria. Além disso, o empreendedor não pode ter sócio e deve estar dentro das atividades descritas pelo programa.

Assim como no caso das Microempresas, o MEI também recolhe tributos através do Simples Nacional, mas é isento dos tributos federais, tais como IRPJ, PIS, Cofins, IPI e CSLL. Por conta dessa carga tributária reduzida e do sistema de recolhimento único, a gestão contábil do MEI é muito simples e dispensa a contratação de um contador.

 

Microempresa

As Microempresas (ME) contam com uma estrutura mais robusta do que o MEI, a começar pelo faturamento que conta com a receita bruta de até R$ 360 mil por ano.

Para formalização é necessário optar entre uma das formas de tributação (Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido) e realizar o registro em uma Junta Comercial. Caso uma ME opte pelo Simples Nacional, o recolhimento de impostos é feito de forma única, englobando todos os tributos federais. Esse valor deve ser calculado com base na tabela do Simples levando em consideração a receita da empresa nos últimos 12 meses.

 

Entendeu agora a diferença entre Microempresa e MEI? A escolha mais vantajosa vai depender do tipo do negócio e da sua estrutura, sendo assim, vale sempre contar com a assessoria de um bom contador para verificar qual o melhor regime de tributação para a sua empresa.

 

Deixe seu comentário

Arca Contábil

Telefone

(11) 4442-9553

Endereço

Av. Ver. Luiz Gonzaga Dártora, 405
Laranjeiras - Caieiras -SP
CEP 07745-000

Fale Conosco

Contabilista

Arão Peres
CRC/SP 265.945

Deus é Fiel